Mosaicos

Andropausa

Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino (DAEM), Síndrome de Deficiência da Testosterona (SDT) ou Climatério Masculino. Esses são alguns dos nomes usados para definir a andropausa, versão masculina da menopausa. É o termo conferido ao estado clínico que ocorre no homem devido ao declínio da produção de hormônios masculinos como a testosterona, assim como de outros hormônios como os da tiróide, hipófise, melatonina, GH, entre outros. Assim como acontece com as mulheres é um processo natural do envelhecimento. Dentre os sintomas, podemos destacar fraqueza e perda de massa muscular, cansaço, desânimo, stress, irritabilidade, insônia, falta de desejo sexual, perda de potência sexual, ejaculação precoce, flacidez de pele, entre outros. O declínio da produção hormonal se inicia a partir dos 30 anos, porém os sintomas, geralmente, só começam a aflorar depois dos 50. Cada vez se sabe mais que os quadros de andropausa e menopausa são causados por diversos hormônios e não apenas o estrogênio na mulher e testosterona no homem, como se pensava no passado. Para esclarecer e desmistificar o tema, convidamos o Dr. Luis Henrique Leonardo Pereira, membro da Associação Européia de Urologia, da Sociedade Internacional de Medicina Sexual e da Associação Americana de Telemedicina, que atua na vanguarda dos novos tratamentos para os distúrbios sexuais, presencialmente e à distância. Sua experiência acadêmica e pós-academica consiste, entre outras, na residência de Clínica Médica e atividade docente, como professor de medicina na Universidade do Sul de Santa Catarina/UNISUL.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vida Inteligente