Mosaicos

A Ciência e o Fim do Mundo

Alguns sobrevivencialistas esperam o colapso da sociedade, e outros o fim do mundo, e milhões deles no mundo inteiro se preparam para uma calamidade que, segundo acreditam, pode ocorrer em 21 de Dezembro de 2012. Os sobrevivencialistas que esperam um descalabro do governo e das instituições sociais acumulam alimentos, remédios, ferramentas, lanternas, baterias e, certamente, armas e munição. Os que esperam um colapso econômico e financeiro juntam moedas de ouro, compram terras, fertilizantes, sementes. E os que, por suas crenças religiosas, esperam o fim do mundo (literal) guardam tudo o que foi mencionado sem explicarem muito bem com que propósito, já que tudo terá acabado. Os sinais do apocalipse, segundo os sobrevivencialistas, incluem uma super tormenta solar, o impacto de um meteorito gigante e a elevação do nível do mar. Como a comunidade científica vê essa questão? Nosso convidado, Prof. Paulo Araújo Duarte é astrônomo e durante 30 anos lecionou a cadeira de Geociências na Universidade Federal de Santa Catarina. Foi também diretor do Planetário da UFSC.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vida Inteligente